sábado, 18 de fevereiro de 2017

High - Lighthouse Family

Olá!

Faz quase um ano que não escrevo por aqui...

E, para retornar ao blog agora em 2017, coloco aqui uma música que adoro. High, do Lighthouse Family. Não só pela música, mas a letra também é bonita - fala sobre amor e esperança. Sentimentos fundamentais na nossa vida. Sou capaz de escutá-la várias vezes em seguida...

Espero que curta também!

Abraço!


Juliana







domingo, 21 de fevereiro de 2016

Uma vida feita de amor

Olá!

Hoje venho fazer uma postagem diferente. Apesar de não ser o tipo de coisa que a gente quer escrever, sinto que tenho de fazê-lo, para, de alguma forma, prestar uma homenagem a uma pessoa muito querida que partiu para trilhar novos caminhos - minha tia Clarice.

Filha mais velha de 8 irmãos, ajudou a criar todos - uma verdadeira escadinha. Para alguns, ela foi a colega de brincadeiras; para os mais novos, foi como uma segunda mãe.

Assim como todas as outras irmãs, seguiu a carreira do magistério e - como amava a profissão! Foi professora durante 4 décadas! Imaginem quantas crianças ouviram a voz da experiência de minha tia Clarice (ou Crá, como a chamávamos).

Mesmo depois de se aposentar, não deixou de se dedicar aos pequenos. Afinal, sempre haviam sacolinhas pra entregar no Natal, roupinhas de boneca para costurar, roupinhas de tricô para fazer... Tudo com muito amor!

Minha tia, em família, não era a que mais falava. E olha que na minha família não falta assunto... Pelo contrário, ela sabia (e praticava) o significado do ditado "Falar menos, ouvir mais". Até gostaríamos que ela expressasse mais seus sentimentos, colocasse seus pensamentos pra fora, mas minha tia, agora penso, deveria ter um grau bem mais elevado que o nosso. Quando ela abria a boca, geralmente, era pra falar alguma coisa muito acertada. Vai ver, ela sabia muita coisa que nós ainda não entendemos...

Não sei qual era a missão dela nessa vida, mas, tenho certeza, ela a cumpriu. Afinal, ela serve de exemplo pra muita gente, tanto pela vida que levou, como pela forma que partiu. Até o fim, ela foi uma guerreira, dando uma lição às pessoas em sua volta.

Agradeço pelos sábios conselhos, pelos presentinhos, pelas comidas tão gostosas que a senhora fazia (dá uma olhada aqui; ela ajudou a fazer esse monte de coisa gostosa), pela companhia... Enfim, agradeço por poder ter convivido com a senhora.

Tia, a senhora deixa muitas saudades aqui desse lado, mas tenho certeza que é benvinda e aguardada aí do outro. Vá com Deus, e fique em paz. E, como a senhora gosta tanto de Natureza, trago um pouquinho de flores...

Abraço!

Ju





quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Viña Del Mar num dia chuvoso

Olá!

Preciso terminar de colocar as fotos da minha viagem que fiz ao Chile, entre julho e agosto do ano passado. Logo tiro férias de novo, e nem postei as fotos da última viagem...
 
Nessa viagem, quando fui ao litoral, o dia estava chuvoso, mas não dava pra mudar a programação. Mesmo assim, no geral, fiquei satisfeita. Porém, se fosse a primeira vez que eu estivesse visitando o litoral chileno, ficaria bem decepcionada, porque é muito melhor ir na praia com sol (mesmo que seja só pra olhar).
 
Dê uma espiada:
 
 
Eu queria muito visitar o Museu Fonck, pra ver o único moai fora da Ilha de Páscoa. Fomos ao Museu, mas não entramos, só tiramos foto do lado de fora mesmo. Eu achava que a estátua era maior - não sei se são todas do mesmo tamanho. Mas, já posso dizer que vi um moai de verdade - hehehe!




Aí embaixo é o Estero Marga-Marga - é um canal que enche quando a maré sobe. Achei bonito num dia de chuva, imagine com sol - deve ser lindo!



Viña Del Mar é uma cidade muito bonita, e é conhecida como Cidade Jardim. Um dos famosos cartões postais de Viña é o Relógio de Flores - muito bonito!



Esse canteiro é muito lindo, e ficava pertinho do relógio. Ele era feito com repolhos (e era fedido!). Mas mereceu ser fotografado, mesmo sendo fedido.



Fomos no mirante que tem no Castilo Wulff (não deu pra visitar o castelo, estava fechado na hora que passamos por ele - um motivo para voltar à cidade...). Mesmo num dia chuvoso, as fotos saem bonitas.





Vista do cassino. Da outra vez que visitei a cidade, em 2005, brinquei um pouco nos caça-níqueis. Só brinquei mesmo, porque ganhar, que é bom, nada...











Bem, no geral, gostei do passeio. Mas, da próxima vez, pretendo fazer sem excursão - é possível ir de ônibus, saindo de Santiago.

E aí, Viña é bonita mesmo com chuva, né?

Espero que tenha curtido as fotos, e até a próxima!

Abraço!


Juliana

sábado, 23 de janeiro de 2016

Reflexão - Acidentes

Mensagem para inspiração / reflexão:

Acidentes

Reflitamos nisto: se tiveres humildade e calma, num instante de crise, guarda a certeza de que conseguirás evitar longo tempo de remorso e pesar.

Emmanuel

Psicografia: Francisco Cândido Xavier
Livro: Caminhos - Edição CEU

Mensagem distribuída pelo grupo Os Mensageiros
www.mensageiros.org.br